Assine nossa newsletter e fique por dentro!

  • Facebook
  • Instagram
CAJU PRODUÇÕES

+55 (27) 3026 0051

caju@cajuproducoes.art.br

www.cajuproducoes.art.br

BURARAMA

O município de Cachoeiro de Itapemirim é o centro geo-político-econômico do sul do estado do Espírito Santo, com uma área de 892 Km² e 195.288 mil habitantes (IBGE). É circundado por montanhas de mármores e granitos, e dividido ao meio pelo rio Itapemirim, sendo o 15º da bacia do mesmo nome. Burarama é a principal rota turística da cidade localizada a 35 km do centro do município, e obtém destaque devido à casualidade da natureza - uma gigantesca formação rochosa. Sempre no horário da tarde, os raios solares, a medida que se deslocam em relação ao eixo da Terra, fazem com que uma enorme falha na rocha forme a figura de uma ema, ave que se alimenta de ovos e frutos. A visualização desta ave pernalta é considerada perfeita entre os meses de junho e setembro, período onde acontecem as atividades de pré-produção e produção do evento.

Foto de Eliane Grillo

Os visitantes podem se hospedar em Burarama, ter o contato direto com a lida no campo e com a cultura local, e desfrutar do ar puro da natureza, em cachoeiras e trilhas na mata. A região é preenchida com pequenas propriedades rurais de agricultores familiares, em sua maioria descendentes de italianos e africanos que iniciaram sua história com o plantio do café, no início do século XX, o que proporciona um rico acervo cultural a ser compartilhado com os visitantes. Burarama possui cerca de 2 400 habitantes e está situado na região noroeste do município. A região está incluída no programa "Caminhos do campo" do Governo, faz parte do “Corredor Ecológico” do Instituto Capixaba de Ecoturismo (ICE), que mapeou as 10 regiões de maior potencial ecoturístico no estado, possuindo diversas cachoeiras e um circuito aquático muito agradável nos períodos de calor. Além disso durante a época fria oferece também aconchegante clima, onde o turista pode se hospedar no sistema cama-café em uma das casas históricas da região.

O Corredor Burarama – Pacotuba – Cafundó apresenta características peculiares no contexto da atividade turística. A comunidade de Burarama, por exemplo, com ares bucólicos, arquitetura colonial e características geográficas de rara beleza, detém enorme potencial para o desenvolvimento da atividade turística, principalmente no segmento do ecoturismo, turismo de aventura e agroturismo, este último já realizado através do Circuito “Águas de Burarama” que envolve pequenos produtores rurais, artesãos, sistemas de hospedagem e alimentação, áreas naturais particulares e espaços de lazer.

Cachoeiras da pequena Vila de Burarama, conhecida também pelos bordados produzido pelas Bordadeiras de Burarama.

Outra característica emblemática deste corredor é a presença de duas unidades de conservação: a Floresta Nacional (FLONA) de Pacotuba e a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Cafundó – a primeira do estado -, fato que substancialmente qualifica a região, dando-lhe propriedade suficiente para motivar fluxos turísticos nacionais e internacionais interessados em atividades baseadas na relação sustentável com a natureza e comprometidas com a conservação e a educação ambiental.